Besta de 7 Cabeças

By Estudos do Fim

A Besta que sobe do mar:

As visões bíblicas são intuitivas e nos incita a inteligência; por exemplo, algumas visões proféticas apresentam-nos bestas feras ou animais domésticos para representar impérios mundiais. (Daniel 7 e 8)

Em Daniel 2 é utilizada uma só imagem (estátua) para representar vários impérios mundiais.

Na visão de Daniel 7, as bestas feras (representando vários impérios) são vistas subindo do "mar grande". (Dan. 7:3)

Também Daniel 7, o leopardo tinha quatro cabeças (a besta tem sete); e cada cabeça (do leopardo) representou um reino grego - porque o leopardo era a Grécia que seria dividida em 4 reinos; portanto, 4 cabeças, 4 reinos daquele império grego.

Daniel 8, o carneiro de 2 chifres (representando o império Medo-Persa) é visto diante de um rio - rio Ulai na cidadela de Susã - o que indicava a região Medo-Persa como futuro império mundial.

 

O mesmo se sucede em Apocalipse 13: vários princípios mostrados nas visões de Daniel explicam e se aplicam também à besta de sete cabeças e dez chifres que sobe do mar.

Uma só imagem (a besta) - representando vários impérios - como Daniel 2.

Sobe do mar - porque representa vários impérios - como em Daniel 7.

Não está diante de um rio, porque não representa um único império focalizado em determinada região - como o carneiro de 2 chifres em Daniel 8

Tem 7 cabeças - porque possui 7 reinos - como o leopardo de 4 cabeças possuía 4 reinos (em Daniel 7).

Então o que é a besta?

 

As 7 cabeças da besta representam 7 reinos deste mundo - porque a besta sobe do mar (isto é, de povos, e multidões, e nações e línguas - e não de único povo como Daniel 8).

E a besta (em si) representa o poder mundial (aquele entregue a Satanás, cujos reinos do mundo e a glória deles se mostraram a Cristo, na tentação no deserto). Mat. 4:8-9

 

 Assim, a besta c/ suas 7 cabeças representa os 7 reinos mundiais.

Mas esses 7 reinos não são romanos; não são 7 reinos hoje, no mundo ou na Europa; e não são 7 papas da Igreja Católica em qualquer época.

Os 7 reinos da besta são os impérios mundiais!

Mas, quais impérios mundiais? Aqueles mostrados em Daniel 2 e 7?

- Sim, eles e os anteriores, evidente; Daniel 2 e 7 se mostra apenas acontecimentos a partir da Babilônia, até o último - e não passam de cinco impérios; fica claro que o Apocalipse revela também os anteriores à Babilônia (Egito e Assírio); quais impérios sempre foram governados por Satanás; pois lhe foram entregues (Luc. 4:5-6), não por Deus, mas pelo homem; o Senhor Deus, no princípio, deu a terra ao homem, e este entregou-se a Satanás.

Apocalipse quer dizer Revelação - Apocalipse é uma visão integral, global; é a revelação plena de fatos tanto neste mundo físico, quanto no âmbito espiritual (como por exemplo, a batalha das hostes espirituais, entre o arcanjo Miguel e Satanás - Apc. 12). E mostra também o reino vindouro neste mesmo mundo: o milênio, e a eternidade.

 

Então: Uma só imagem; subindo do mar representando vários impérios; possuindo 7 cabeças porque são 7 reinos. Todos (sem exceção) acompanhados pela Escritura; seja pela história bíblica escrita (os já ocorridos) seja através das profecias (aqueles ainda por vir).

Tanto é que a besta de 7 cabeças e dez chifres nada mais é do que o reflexo da própria imagem do Grande dragão de 7 cabeças e dez chifres vista no céu, em Apocalipse 12: Dragão chamado Diabo e Satanás, que engana o mundo todo, cujos reinos do mundo, lhe foram entregues.(Mat.4:8-9)

 

 E como a besta representa o poder mundial; assim suas 7 cabeças são os sete reinos respectivos ao que a besta representa.

Basicamente, os princípios aplicados a Daniel 2, 7 e 8 - é que nos servem de parâmetro para se revelar o Apocalipse 13: o mar (donde se levanta a besta) é utilizado para aludir ao mundo todo com seus inúmeros povos por todos os tempos; e também os vários impérios que deles se derivam; apesar de uma só imagem a representá-los, como se ocorre em Daniel 2; e, as várias cabeças da besta (7 cabeças) são (tal como ocorre em Daniel 7 ao leopardo de 4 cabeças) 7 reinos (respectivos ao que a besta represente): ou seja, ela não representa unicamente Grécia ou Roma; mas os poderes mundiais de todos os tempos; o mundo e seus impérios - entregues a Satanás); os 7 impérios do mundo.

 

E podemos notar, por exemplo que os 4 animais que são vistos em Daniel 7 (que subiam do mar grande) representando alguns impérios mundiais, demonstram certa similaridade à besta de Apocalipse 13:1 (que também subia do mar); e, os traços e características apresentados na visão de Daniel 7 também se mostram na besta de Apocalipse 13.

 

Daniel 7: - foram vistos 4 animais: Leão, urso, e leopardo e o quarto animal não tinha aparência conhecida.

Apocalipse 13:1: - "E a besta que vi era semelhante ao leopardo, e os seus pés como os de urso, e a sua boca como a de leão; e o dragão deu-lhe o seu poder, e o seu trono, e grande poderio. (Apc. 13:2)  Aqui cabe uma alusão ao dito do Diabo a Cristo (no deserto) quando o tentava; dizia Satanás a Cristo:

"Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles. E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares." (Mat. 4:8-9)

 

Tanto a visão dos animais subindo do mar (em Daniel 7) quanto a da besta de Apocalipse 13 são atemporais; ou seja, não aconteceu numa só hora, nem esteve acontecendo naquele momento; é uma visão e revelação de acontecimentos mundiais por um todo.

A Besta de 7 cabeças que sobe do mar representa todos os impérios mundiais - cada cabeça se relaciona a um dos 7 impérios mundiais deste mundo (no seu respectivo tempo, momento e lugar - todos, sem exceção governados por Satanás).

 

Por isso diz da besta já existindo no passado, presente e futuro: "a besta foi, já não é, mas que virá e irá a perdição" (Apc. 17:8c) - a besta foi (porque já existia no mundo); já não é (porque ainda que exista é passageira); há de vir e irá a perdição (porque ainda vem em sua forma mais maligna; com extremo poder p/ governar o mundo com mão de ferro, mas passará); ou seja, neste mundo, a besta foi, ainda continua sendo, porque governa-o, e ainda virá, porque o anticristo e seu governo são seu ápice; mas irá à perdição.

Por isso diz:

"A besta que viste foi e já não é, e há de subir do abismo, e irá à perdição;"  (Apc. 17:8a)

"se admirarão vendo a besta que era e já não é, mas que virá."  (Apc. 17:8c)

 

Também o Apocalipse 13 (que é completado e explicado pelo Apocalipse 17) apesar de João ver subindo do mar uma besta com 7 cabeças; no próprio texto é dito que: 5 das suas 7 cabeças (5 reis, 5 cabeças ou impérios) já eram caídos em época; uma cabeça (rei, império) existia (em momento); e a outra cabeça (rei / império) ainda não era vindo, quando viesse duraria um pouco de tempo. 

Apocalipse 17:9-10:

"Aqui o sentido, que tem sabedoria. As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada. E são também sete reis; cinco já caíram, e um existe; outro ainda não é vindo; e, quando vier, convém que dure um pouco de tempo."

 

( Ou seja, ainda que João via (nos dias da revelação) a besta a subir do mar contendo 7 cabeças; mas no próprio Apocalipse 17 se explica que 5 cabeças da besta (5 reis / impérios) já eram caídos naquela época, da revelação a João.

E a besta que há de vir é o anticristo e seu governo mundial (é também o 8º rei procedente dos sete):

"E a besta que era e já não é, é ela também o oitavo, e é dos sete, e vai à perdição. (Apc. 17:11)

 

Ora, tudo isso identifica a besta tendo sua existência no decurso deste mundo: tanto no passado (porque 5 já eram caídos); no presente (porque um rei existia) e em futuro, pois ainda um rei não era vindo; totalizando-se 7 cabeças: 7 reis - os quais se equivalem a 7 impérios - porque cada cabeça da besta em Apocalipse, se equipara a um império mundial em seu respectivo tempo e lugar.

E como a besta representa os impérios todos; por isso mesmo as suas 7 cabeças representam 7 reis (idêntico a Daniel 7:17 quando é dito que aqueles animais (bestas feras) que Daniel visualizava a subi do mar grande eram 4 reis que se levantariam na terra, e estes, na verdade, simbolizavam quatro impérios mundiais: Babilônia, Medos e Persas, Grécia e Roma). (Dan. 7:17 - Apc. 17:9-10)

 

E todos os impérios mundiais tiveram alguma relação marcante para com a nação de Israel; seja para sua criação, seja p/ conservação, seja correção, expulsão, destruição e/ou edificação (isso tanto em resposta à lei como também a profecias; como podemos verificar num estudo:  Israel e os 7 impérios mundiais.

 

Também com referência a Apocalipse 13:1 (a besta de 7 cabeças e dez chifres); seus 10 chifres são 10 reis que ainda não receberam o reino, mas receberão poder por uma hora (juntamente c/ a besta); e darão seu poder e autoridade à besta.

"E os dez chifres que viste são dez reis, que ainda não receberam o reino, mas receberão poder como reis por uma hora, juntamente com a besta. Estes têm um mesmo intento, e entregarão o seu poder e autoridade à besta."  (Apc. 17:12-13)
 

Besta de 7 cabeças = sete reis - que se equivalem a sete impérios no mundo - cada rei/cabeça relacionada a um império mundial no seu respectivo tempo/lugar.

 

Os Impérios Mundiais:

História Povo  Pais Período Daniel 7 Daniel 2 Referências Bíblicas Vestígios
Império Egito José no Egito; c/sua morte foram os judeus escravizados (mais de 1 milhão) por quase 400 anos.     Gen. 41:57 e Gen. 43:1     Ex. 9:16 Pirâmides
Império Assírio No tempo dos reis de Israel e Judá: quando os reis da Assíria destroem o Norte (Israel); e deportam os judeus do norte para outras nações     II Reis 19:11,17 II Reis 17:6     II Reis17:23-24 Is.37:11 Is.37:26-29  
Império Babilônia Época da destruição de Jerusalém e deportação dos judeus (reino de Judá) à Babilônia onde ficam cativos 70 anos Dan. 2:37-38  II Cron. 36:17-20 Jardins Suspensos
Império Medos e Persas Desde a ordem para edificação de Jerusalém no retorno judaico (do cativeiro Babilônico) até 333 a.C. na vitória grega contra os persas. Dan. 8:20 e Dan. 5:30-31 Esd. 1:2  
Império Grego Período intermediário entre o Velho e o Novo Testamento - Época dos Macabeus Dan. 2:39   Dan. 8:21 Dan.10:20 Filosofia e língua gregas
Império Roma O império mais longo da história: desde a época de Cristo até queda de Constantinopla (oriente) e a Reforma Protestante (ocidente) - nos séculos XV-XVI Dan. 2:40   Luc. 3:1 Coliseu
Império

Inglaterra/ EUA
X
Rússia

Do século XVI ao XIX a Inglaterra fortaleceu-se tornando-se IMPÉRIO Mundial. E os EUA (ingleses noutro território) fortaleceram-se depois. Até se levantar a URSS e a Guerra Fria dividir o mundo em 2 grandes blocos.  

Pés de barro/ferro: capitalismo x comunismo

Dan. 2:41-43  

 

 

A Ferida mortal numa cabeça da besta

Apocalipse diz:

"E vi uma de suas cabeças como ferida de morte, e a sua chaga mortal foi curada; e toda a terra se maravilhou após a besta." (Apc. 13:3)

 

Isso representa uma ferida mundial! Uma guerra sem precedentes na história: terrível assolação possivelmente uma guerra nuclear derrubando nações; e isto, em plena época do anticristo (o assolador determinado a vir na metade da 70ª semana). Por isso diz em Daniel 7:24b que, ao levantar-se a ponta pequena (a 11ª ponta, após as 10 primeiras: o anticristo), essa abaterá 3 pontas das 10 primeiras pontas (3 potências no mundo hoje).

Tudo isso se ocorre sobre a humanidade no tempo do 7º império mundial - o que vivemos hoje - ao se levantar-se o anticristo (e ele é o 8º rei que procede dos 7) porque o seu governo é complemento do 7º império mundial - ou seja, pertence a ele - e ele exterminará a muitos.

 

Indícios de guerra nas profecias:

Jesus diz em Mateus 24 sobre o tempo do fim: "e se levantará nação contra nação e reino contra reino".

Jerusalém será sitiada e pisada:

"cercada de exércitos" (Luc. 21:20);

"pisada pelos gentios" (Luc. 21:24);

"e pisarão a cidade santa por 42 meses". (Apc. 11:2)

 

Também a Grande Babilônia do Apocalipse será destruída numa hora: Apc. 18:10,16,19. 

Será queimada no fogo. (Apc. 18:8)

Os reis da terra ficarão de longe e a prantearão ao verem a fumaça do seu incêndio: (Apc. 18:9)

Pergunto pois:

Como pode uma "Grande Cidade" se destruir em uma hora??

É só lembrarmo-nos do que se ocorreu na história c/ Hiroshima e Nagasaki!

 

Também diz (em Daniel 9:26c) que até o fim haverá guerras e assolações estão determinadas.

Jerusalém foi assolada no ano 70 d.C. pelas tropas romanas do general Tito; porém diz a profecia que: assolações estão determinadas (ou seja, mais de uma vez); e, o anticristo (o príncipe que há de vir, cujo povo destruiu a cidade em 70 d.C.) é o verdadeiro assolador (referido na profecia das 70 semanas: Daniel 9:27) que está determinado profeticamente a vir durante a 70ª semana (Dan. 9:27), exatamente na sua metade; por isso diz em Daniel 9:27 (profecia sobre a 70ª semana), diz: "então virá o assolador". 

 

E outro fator a evidenciar guerra nas profecias é que, somente após a primeira besta (aquela que sobe do mar, e representa os 7 impérios mundiais), somente após ela receber a ferida de morte (numa se suas cabeças - aquela que representa o 7º império mundial - o que vivemos hoje) e sua chaga lhe ser curada, é que então, toda a terra se maravilha após a besta, e adora o dragão: 

"E vi uma das suas cabeças como ferida de morte, e a sua chaga mortal foi curada; e toda a terra se maravilhou após a besta." (Apc. 13:3)

"E adoraram o dragão que deu à besta o seu poder; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela?" (Apc. 13:4)

Também, é somente após essa tal ferida mortal (se ocorrer) numa das cabeças da besta, e ela ser surpreendentemente curada, é que a besta recebe o poder para continuar por 42 meses. (Apc. 13:4-5) e o mundo passará a lhe adorar.

Ora, parece ter-se havido uma batalha mortal, e a besta também se saiu mortalmente ferida; mas sua ferida de morte foi surpreendentemente curada, e saiu-se vitoriosa. Aí então, todos se maravilharam após a besta e passam também a adorá-la. (Apc. 13:7-8)

 

 

Resumo:

Besta que sobe do mar: os 7 impérios mundiais representados por 7 cabeças (da besta), no seu respectivo tempo e lugar.

A ferida de morte numa cabeça da besta representa uma CHAGA MUNDIAL a cumprir-se no tempo do 7º império mundial (o que vivemos hoje); em plena Era de armas nucleares, armas químicas e biológicas, e nanotecnologia etc.; que precede o anticristo; o qual, em surgindo (como diz Daniel 7), abaterá 3 pontas, tomando o controle mundial. Dan. 7:24-25

A besta terá poder absoluto no mundo por 42 meses (3 anos e meio), esta é a grande tribulação da qual nos alertou Jesus. (Apc. 13:5 - Mat. 24:15,21)

 

 

A Besta que sobe da terra:

"E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro; e falava como o dragão." (Apc. 13:11)

Tal como a besta que sobe do mar, a besta que sobe da terra também representa império, um governo; um poder; e esse do anticristo em pessoa; sobre o qual é dito:

"E exerce todo o poder da primeira besta na sua presença, e faz que a terra e os que nela habitam adorem a primeira besta, cuja chaga mortal fora curada.

E faz grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens." (Apc. 13:11-13)

 

A besta que sobe da terra é também o oitavo rei (anunciado em Apocalipse 17:11) que procede dos 7 reis (7 impérios) e irá a perdição.

 

Esta besta que sobe da terra é o governo mundial do anticristo (é o 8º rei derivado dos 7 reis); é o governo mundial do príncipe que há de vir; o qual implantará a imagem da besta, exigindo total adoração a besta e impondo a marca da besta: 666; e obterá o controle total sobre todas as nações e línguas e tribos da terra por 42 meses. (Apc. 13:5,7)

Operará grandes sinais e prodígios, e até fará descer fogo do céu à terra à vista dos homens. (II Tes. 2:8)

E foi-lhe concedido que desse espírito à imagem da besta, para que também a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta. (Apc. 13:15)

"E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas,

Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome." (Apc. 13:16-17)

 

A besta que sobe da terra possui dois chifres semelhantes aos de um cordeiro - isso demonstra que mesmo nos dias do anticristo ainda haverá dois poderes (2 reinos) em destaque sobre a terra, e, quiçá em divergência: dois governos (conseqüência talvez do reino dividido no 7º império) um dos quais é do próprio anticristo - o qual sairá vencedor sobre os reinos do mundo.

E isso se dará até a consumação dos séculos na volta de Cristo ante a última trombeta do Apocalipse. Amém! (Mat. 28:20)

 

 

A Besta que sobe do abismo

A besta que viste foi e já não é, e há de subir do abismo, e irá à perdição; e os que habitam na terra (cujos nomes não estão escritos no livro da vida, desde a fundação do mundo) se admirarão, vendo a besta que era e já não é, mas que virá. (Apc. 17:8)

 

Creio que a besta que sobe do abismo seja uma entidade (um ser espiritual do mal) um espírito maligno, cujo habitat é o abismo; por isso sobe do mesmo, e se fará presente na face da terra em dias do anticristo; quiçá através de extraordinário milagre (a imagem da besta que receberá fôlego de vida); e será testemunhado pelos homens (pois se admirarão); e, subirá do abismo tendo grande poder; ela (a besta que sobe do abismo) é quem se oporá às 2 testemunhas de Deus, em Jerusalém, e que, ao término de sua profecia (de 1260 dias), as vencerá e as matará. (Apc. 11:7)

Também a besta que sobe do abismo é quem encabeça junto ao anticristo (o falso profeta) a batalha do Armagedom, reunindo os reis da terra e seus exércitos p/ a batalha contra o Cordeiro. (Apc. 19:19)

Ela (besta que sobe do abismo) e o anticristo serão lançados no lago de fogo e enxofre e atormentados para todo o sempre. (Apc. 19:20)

E vi a besta, e os reis da terra, e os seus exércitos reunidos, para fazerem guerra àquele que estava assentado sobre o cavalo, e ao seu exército.

E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre. (Apc. 19:19-20)

 

Última atualização 24/06/2017.

 

 

Voltar

Topo