o  Milênio

By Estudos do Fim

O Milênio

"Estavas vendo isto, quando uma pedra foi cortada, sem auxílio de mão, a qual feriu a estátua nos pés de ferro e de barro, e os esmiuçou." (Dan. 2:34)

"Então foi juntamente esmiuçado o ferro, o barro, o bronze, a prata e o ouro, os quais se fizeram como pragana das eiras do estio, e o vento os levou, e não se achou lugar algum para eles; mas a pedra, que feriu a estátua, se tornou grande monte, e encheu toda a terra." (Dan. 2:35)

Detalhe da palavra de Deus:

"mas a pedra (o Messias) que feriu a estátua, se tornou grande monte, e encheu toda a terra."

Então diz:

"E o reino, e o domínio, e a majestade dos reinos debaixo de todo o céu serão dados ao povo dos santos do Altíssimo; o seu reino será um reino eterno, e todos os domínios o servirão, e lhe obedecerão."

Detalhe:

Os reinos debaixo de todo o céu (e não, no céu) serão dados ao povo dos santos do Altíssimo - quando a ponta pequena (de Daniel 7:25) for desfeita: Dan. 7:26

"E para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra." (Apc. 5:10)

Por isso também diz:

"Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de o Messias, e reinarão com ele mil anos." (Apc. 20:6)

 

Detalhes sobre o milênio:

"A areia esbraseada se transformará em lagos, e a terra sedenta em mananciais de águas; onde outrora viviam chacais, crescerá a erva com canas e juncos." (Isaias 35:7)

Olhemos o que acontecerá com a terra no Milênio, diz:

"A areia esbraseada se transformará em lagos" - "...e a terra sedenta em mananciais de águas" - por acaso em Nova Terra (que há de ser criada) pôde existir areia esbraseada p/ se transformar em lagos??? e terra sedenta p/ se transformar em mananciais ???  (ora, essa terra, a qual se encontra muitos desertos é que há de ser transformada p/ o milênio

Também diz: "...onde outrora viviam chacais, crescerá a erva com canas e juncos" - Desde quando a houve chacais vivendo na Nova Terra que virá ???

Isso só pode referir-se a essa Terra!

 

Mostrando assim, que as profecias todas referentes à uma terra paradisíaca, se retratam a esta mesma terra a qual Deus criou, e a deu aos filhos dos homens.

E conforme diz a Palavra de Deus: Deus não a criou vazia, mas para ser habitada; só que em santidade.

E por que ela nunca pôde ser habitada em justiça e santidade ???

Por causa do homem e de Satanás.

Pergunto: eles (homem e Satanás) malograram os planos do Senhor Deus que criou a terra e os homens e toda uma criação na mesma tanto de homens como de animais ????

Nunca!

 

Por isso mesmo diz outra profecia sobre a terra:

"E edificarão os lugares antigamente assolados, e restaurarão os anteriormente destruídos, e renovarão as cidades assoladas, destruídas de geração em geração." (Is. 61:4)

"E a terra assolada será lavrada, em lugar de estar assolada aos olhos de todos os que passavam." (Ez. 36:34)

E a terra ficará como o Jardim do Éden:

"E dirão: Esta terra assolada ficou como jardim do Éden: e as cidades solitárias, e assoladas, e destruídas, estão fortalecidas e habitadas. (Ez. 36:35)

 

Pergunto:

Deus não criou esta terra ???

E acaso Ele nunca a fará ser habitada em pureza antes de ser destruída ???

Há, se enganam e muito, os que pensam que o Senhor foi vencido, não levando a cabo a Sua Obra Criada - e que devido ao homem ela se transformara totalmente num reino das trevas.

Por isso nos ensinou o Senhor a orar:

"Pai nosso que estás nos céus... venha a nós o vosso reino... seja feita a tua vontade assim na terra como no céu..."

 

Pergunto: Acaso o Pai Nosso, não será de todo ouvido, executado e cumprido; de maneira a vir a nós o vosso reino e ser feita aqui na terra a Tua Vontade, assim como é feito no céu ???

Certamente!

Por isso diz a profecia das 70 semanas, o que ao seu término, aconteceria:

"Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade, para cessar a transgressão, e para dar fim aos pecados, e para expiar a iniqüidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e para ungir o Santíssimo." (Dan. 9:24)

 

Em suma todas essas coisas se cumprirão nesta terra:

cessada a transgressão:

dado fim aos pecados;

expiada a iniqüidade;

trazer a justiça eterna;

selado a visão e a profecia;

e por fim, ungido o Santo dos santos; na sua vinda para ser glorificado nos seus santos! Amém!

"Quando vier para ser glorificado nos seus santos, e para se fazer admirável naquele dia em todos os que crêem ( porquanto o nosso testemunho foi crido entre vós )." (II Tes.1:10)

 

 

• Um reino literal sobre toda terra:

- "mas a pedra, que feriu a estátua, se tornou grande monte, e encheu toda a terra." (Dan. 2:35)

- "Mas nos dias desses reis, o Deus do céu suscitará um reino que não será jamais destruído, e esse reino não passará a outro povo, esmiuçará e consumirá todos esses reinos, mas ele será estabelecido para sempre." (Dan. 2:44)

 

• Um reino com os santos por mil anos:

- "Até que veio o ancião de dias, e fez justiça aos santos do Altíssimo; e chegou o tempo em que os santos possuíram o reino." (Dan. 7:22)

- "E para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra." (Apc. 5:10)

"e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos." (Apc. 20:4d)

- "Essa é a primeira ressurreição, bem-aventurado e santo os que têm parte na primeira ressurreição, sobre eles não tem poder a segunda morte, mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo e reinarão com Ele mil anos! (Apc. 20:5b-6)

 

• Não desse mundo:

- "Respondeu Jesus: O meu reino não é deste mundo; se o meu reino fosse deste mundo, pelejariam os meus servos..." (Jo. 18:36)

 

• Não se fará mal algum:

"Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar." (Is. 11:9)

 

• Paz infinita - não haverá mais guerra:

"E julgará entre muitos povos, e castigará nações poderosas e longínquas, e converterão as suas espadas em pás, e as suas lanças em foices; uma nação não levantará a espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerra." (Miq. 4:3 - Is. 2:4)

 

• Um reino aos benditos:

"Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo." (Mat. 25:34)

 

• A terra se torna como o Jardim do Éden:

"A vaca e a ursa pastarão juntas, seus filhos se deitarão juntos, e o leão comerá palha como o boi." (Is. 11:7)

"E dirão: Esta terra assolada ficou como jardim do Éden: e as cidades solitárias, e assoladas, e destruídas, estão fortalecidas e habitadas." (Ez. 36:35)

"Então saberão os gentios, que tiverem ficado ao redor de vós, que eu, o SENHOR, tenho reedificado as cidades destruídas, e plantado o que estava devastado. Eu, o SENHOR, o disse e o farei." (Ez. 36:36)
"Porque o Senhor consolará a Sião; consolará a todos os seus lugares assolados, e fará o seu deserto como o Éden, e a sua solidão como o jardim do Senhor; gozo e alegria se achará nela, ação de graças, e voz de melodia." (Is. 51:3)

 

 

Milênio - a quem pertence o reino de Cristo ?

1 - Ao estabelecer o Reino Milenar, o Senhor Jesus terá como súditos todos os crentes que morreram na fé.  Amém! (Apc. 20:4)

Estes terão seus corpos glorificados e reinam a Terra com Cristo por mil anos. (Apc. 5:10)

 

2 - Haverá procriação e conseqüente aumento de viventes na Terra?

Bom, isso é uma incógnita. Pois no reino de Cristo só estarão os remidos e c/ corpo glorificado. (I Cor. 15:51-52)

 

 

Haverá  pecado no milênio  ?

3 - Não!  Não haverá pecado no Milênio!

Porque nessa época já terá cessado a transgressão e findados os pecados. (Daniel 9:24)

 

O Milênio se cumpre na terra - mas para isso, primeiramente virá o fim do pecado e da transgressão c/ a vinda da justiça eterna na consumação dos séculos quando toda a carne há de inspirar-se na batalha do Armagedom! Amém! (Mat. 13:37-43 - Apc. 16:16 - Apc. 19:11-21)

 

O reino de Cristo é um reino bendito, de retidão, pacífico, de amor, de justiça, bondade, regido pela Verdade, coisas que a carne jamais cumprirá pois não é sujeita a lei de Deus.

Além disso Jesus disse:

"Porque até que o céu e a terra passem nem um j ou til se omitirá da lei sem que tudo seja cumprido." (Mat. 5:18)

Isto significa que tudo o que a lei diz, ao homem na carne de pecado o diz, e será cumprido, não podendo ser anulado.

E dentro do tudo que a lei determina (sem poder se tirar) está a maldição da terra; significando que por um só pecador (na carne de pecado) que adentrasse ao milênio, traria (consigo) a morte (que o acompanha), a maldição da terra, e o dever de se obter o pão no suor do rosto - havendo também espinhos e cardos a crescerem - ao reino de Cristo (caso os pecadores também herdassem-no), por causa do que está escrito, e da sua cláusula; a saber: "maldita é a terra por causa de ti, e com dor comerás dela todos os dias da tua vida; no suor do teu rosto comerá o seu pão, até que voltes ao pó..."; porquanto a lei domina sobre o homem por todo o tempo em que vive. (Rom. 7:1)  E a lei só finda-se mediante a morte deste!

 

Pois todos (os que não estão em Cristo) estão sob a lei do pecado e da morte. (Rom. 8:2b)

Isto demonstra verdadeiramente que a carne terá o seu fim, porquanto por um só homem (na carne de pecado) que sobrevivesse - tal qual Adão - a maldição por causa deste (advinda da lei) permanece e se mantém sobre a mesma terra. Só podendo ser desfeita (ou "anulada"), se o pecador inexistir (porque a cláusula existe, e está na lei, e não pode ser desfeita, mas o pecado e o pecador podem); e é isso o que há de suceder-se!

E quando digo que existe a cláusula - digo-o, porque nem todos estão em Cristo! E para quem não está, a lei sobre ele prevalece e vigora, assim como vigora a lei do pecado e da morte! (Rom. 7:1 Rom. 8:2)

 

E há também a maldição de Deus sobre a terra devido a Adão, essa:

"...maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida. Espinhos, e cardos também, te produzirá; e comerás a erva do campo. No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado; porquanto és pó e em pó te tornarás."  (Gen. 3:17-19)

 

Embora Paulo explicasse aos gálatas que ao se circuncidarem estariam obrigados a guardar toda a lei (desligados de Cristo) e baixo a maldição . (Gal. 3:10)

Contudo, não existe somente a maldição de Deuteronômio 27:26 (e Gálatas 3:10) e as expressadas no capítulo 27 de Deuteronômio - que pairam sobre os que estão baixo à lei - mas também a maldição feita a Adão no princípio (da qual todo filho de Adão não pode se isentar) essa:

"E a Adão disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: Não comerás dela, maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida." (Gen. 3:17)

"No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado; porquanto és pó e em pó te tornarás." (Gen. 3:19)

 

Ora, essa cláusula existe na lei e é palavra de Deus - e por ela, a terra não só é amaldiçoada como também deve produzir cardos e espinhos (devido aos pecadores que a habitam) - mas mediante os pecadores inexistirem - a cláusula se torna sem efeito!

Por isso está determinado por profecia que, 70 semanas estão determinadas para se findar o pecado e se extinguir a transgressão. Por causa do reino de Cristo que é vindouro!

E porque é chegada a hora de toda a carne ter o seu fim, voltando ao pó (de onde viera) e cumprindo-se o que Deus determinou que se cumprisse ao homem, caso pecasse) a saber: "Certamente morrerá"!

Isso também está na lei e deve ser cumprido, pois é parte do J e til da lei.

É isso que está estabelecido por Deus a término das 70 semanas determinadas sobre Jerusalém e os judeus; ou seja, o fim do pecado! o fim das transgressões! e o fim dos pecadores!

Por isso Cristo diz que até que o céu e a terra passem, nem um j ou til se omitirá da lei, sem que seja cumprido; e o certamente morrerás, é parte deste j e til; porque é a lei que determina:

a morte, ao homem pelo seu pecado (Gen. 2:17);

é a lei que determina voltar ao pó, donde foram formado (Gen. 3:17-19);

é a lei que determina a condenação ao inferno a quem for devido (Sal. 9:17);

é a lei que determina que as obras (todas) das trevas sejam levadas à luz a fim de serem julgadas (Ecl. 12:13-14);

e é a lei que determina o juízo a todos. (Sal. 96:13 - Ecl. 3:17 - Heb. 9:27)

 

Então, até que tudo isso não seja cumprido; nenhum J ou til cairá da lei - mas será cumprido! Amém.

Assim sendo, embora a lei vigore e se mantenha até que os homens sejam levados a juízo (porque o que nela está determinado será cumprido); mas, não havendo um pecador sequer na face da terra, a maldição sobre esta por causa do pecador - se torna nula; e assim o reino de Cristo que é Bendito se nos virá, e nele não haverá mal, nem dano algum, nem maldição, muito menos pecador e pecado.

Por isso diz:

"Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, porque a terra se encherá do conhecimento do SENHOR, como as águas cobrem o mar." (Is. 11:9)

"O lobo e o cordeiro se apascentarão juntos, e o leão comerá palha como o boi; e pó será a comida da serpente. Não farão mal nem dano algum em todo o meu santo monte, diz o SENHOR." (Is. 65:25)

 

 

Mas agora, para os que estão em Cristo, é que a lei (por causa da morte de Cristo por eles) findou-se, porquanto está escrito:

"Porque o fim da lei é Cristo para a justiça de todo aquele que crê." (Rom. 10:4)

Quanto aos demais homens na carne, que não têm a Cristo - tudo o que a lei diz, neles se cumpre (não podendo ser anulado) mas cumprido.

E dentro desse tudo que se deva cumprir, antes de céu e terra passarem, está a morte determinada ao pecadores (Gen. 2:17 e 3:19), e a condenação do inferno - a quem lhe couber (Sal. 9:7,17 - Mat. 23:33), e por fim, o juízo que será a última coisa a acontecer (fato que todos hão de enfrentar - mesmo o cristão, esse porém, no Tribunal de Cristo (Ecl. 12:13-14 - Heb. 9:27 - II Cor. 5:10) etc.

 

Coisas que a lei determina:

Até isso:

"Os ímpios serão lançados no inferno e todas as gentes que se esquecem de Deus." (Sal. 9:17)

Até isso:

"E como aos homens está ordenado morrerem uma vez vindo depois disso o juízo. (Heb. 9:27)

Até isso:

"Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás." (Gen. 2:17)

Até isso:

"E a Adão disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: Não comerás dela, maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida." (Gen. 3:17)
Até isso:

"No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado; porquanto és pó e em pó te tornarás." (Gen. 3:19)

 

Veja que tudo isso (e muito mais) está determinado na lei; não podendo ser anulado (disse Jesus) mas, até que o céu e terra passem, será cumprido; e por que tais determinações não se cumprem naquele que tem a Cristo???

Resposta: - "Porque o fim da lei é Cristo para a justiça de todo aquele que crê." (Rom. 10:4)

Pois o Senhor pagou alto preço com a sua vida e morte na carne para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de remi-los (os que Lhe creram).

 

Agora entendamos a profundidade das coisas:

Para o homem formado do pó da terra e feito alma vivente, a terra, que por causa dele,  fora amaldiçoada no princípio, deveria (por lei) produzir-lhe espinhos e abrolhos; e, devido à mesma carne de pecado ele comeria (com dor) dela todos os dias de sua vida; e no suor do seu rosto comeria seu pão, até que tornasse à terra, porquanto dela fora tomado, porque é pó e se tornaria em pó. (Gen. 3:17 e 19)

Por isso, é impossível a carne e sangue herdarem o Milênio, porquanto é Reino sem mal e Bendito e se estabelecerá por toda a terra (venha o Teu reino)!

O reino de Cristo é um Paraíso.

Até os animais hão de ser diferentes, e o leão comerá palha como o boi. (Is. 11:7 - Is. 65:25)

 

Cristo é a Pedra lançada sem mão (de Daniel 2) que atinge a estátua nos pés (a qual representa impérios mundiais) esmiuçando-a, e tornando-se numa grande montanha enchendo a terra.

Por essa razão, se entende o que está determinado na profecia das 70 semanas (Daniel 9:24), quando diz que  a seu término, a transgressão cessaria e os pecados seriam findados!

Por quê?

- Porque todos os pecadores estariam mortos - porque só assim o pecado finda-se, mediante a morte dos pecadores.

Profecias sobre o fim do mundo: Sof. 1:2-3 - Sof. 1:18 - Apc. 19:20-21 etc.


 

No Milênio não haverá transgressão, não haverá mal!

Jesus disse:
O meu reino não é deste mundo; se não é deste mundo não pode ter pecado e transgressão:

Por isso na profecia das 70 semanas está estabelecido que ao seu término se dará: A saber:

"Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade, para cessar a transgressão, e para dar fim aos pecados, e para expiar a iniquidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e para ungir o Santo dos santos." (Dan. 9:24)

 

Ora, não é a palavra de Deus que diz que o pecado será findado e a transgressão cessada? E quando serão findados os pecados e a transgressão cessada? Será que é somente quando os homens quiserem e consentirem?? Ou será como e quando a palavra de Deus determina?

- Certamente será conforme a palavra de Deus determina!

E qual é a sua determinação sobre o término da transgressão e o fim dos pecados sobre a terra?
Quando é expiada a iniquidade e a justiça eterna vinca ?

Certamente que, ao término das 70 semanas determinadas sobre Jerusalém e os judeus, tudo isso se cumprirá! Amém! Porque é Palavra de Deus!

 

Por esta causa diz:

"Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar." (Is. 11:9)

Ora, está bem claro, não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte. Pergunto: Desde quando o pecado não é mal??? e não seja mal??? Acaso haverá no Reino de Deus algum momento por toda a eternidade em que o pecado não seja excessivamente mal???  Não nos esqueçamos da lei:

"Logo tornou-se-me o bom em morte? De modo nenhum; mas o pecado, para que se mostrasse pecado, operou em mim a morte pelo bem; a fim de que pelo mandamento o pecado se fizesse excessivamente maligno." (Rom. 7:13)

E outra vez:

"O lobo e o cordeiro se apascentarão juntos, e o leão comerá palha como o boi; e pó será a comida da serpente. Não farão mal nem dano algum em todo o meu santo monte, diz o Senhor." (Is. 65:25)

A Pedra (Cristo) quando atinge a estátua (que representa todos os impérios do mundo desde Babilônia) é esmiuçada e se desfaz todos os reinos do homem (não mais se achando lugar algum p/ eles), mas a Pedra enche a terra.

"Então foi juntamente esmiuçado o ferro, o barro, o bronze, a prata e o ouro, os quais se fizeram como pragana das eiras do estio, e o vento os levou, e não se achou lugar algum para eles; mas a pedra, que feriu a estátua, se tornou grande monte, e encheu toda a terra." (Dan. 2:35)

Também diz:

"Assim como o joio é colhido e queimado no fogo, assim será na consumação deste mundo. Mandará o Filho do homem os seus anjos, e eles colherão do seu reino tudo o que causa escândalo, e os que cometem iniqüidade. E lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá pranto e ranger de dentes. Então os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pai. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça." (Mat. 13:40-43)

 

 

Satanás preso por mil anos

"E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande cadeia na sua mão. Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos. E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo. (Apc. 20:1-3)

 

 

E os judeus ?

Bom, agora vejamos o exemplo do que tem ocorrido a Israel no decorrer da história: por não crer (os que saíram do Egito) não entraram em Canaã; por não crer Jerusalém foi destruída pela Babilônia; por não crer rechaçaram o Messias, pedindo ainda que o sangue Dele recaísse sobre si mesmos e seus filhos.

 

O resultado:

Jerusalém foi novamente destruída em 70 d.C. e os judeus cumpriram uma dispersão de 1900 anos, c/ muitas aflições, dores, holocausto etc. Agora, creio, mais uma vez o Senhor lhes dará arrependimento, mas quem não crer, assim como não entraram na Canaã que Moisés os levou, assim da mesma forma não entram ao Milênio!  Ninguém entra no Milênio pela carne e sangue! E olha que nem na Canaã antiga, se entrou pela carne, somente entraram os que perseveraram na fé (Josué e Calebe) de toda aquela geração.

 

Por isso mesmo que, se existisse tal promessa aos judeus, ela não estaria sendo cumprida, pois de todos os judeus que já existiram neste mundo até hoje, somente os que sobrevivessem ao fim é que poderiam recebê-la p/ adentrarem ao Milênio (e os 144 mil).  Ou seja, se isso fosse verdade, a promessa seria somente aos sobreviventes da época - é uma promessa totalmente incerta, insegura e de pouco alcance.

 

Para os cristãos, sim, ela é verdadeira - pois ainda que morram, esquartejados, queimados, crucificados em qualquer Era (quem por amor de mim perder a sua vida a salvará), o Deus Altíssimo Todo-poderoso, o ressuscitará para herdar a promessa. Mas e os judeus?? Se é que foi feita essa promessa a eles, somente os que sobrevivessem à Grande Tribulação (e os 144 mil) é que poderiam recebê-la! Quanto aos demais judeus que existiram - é o mesmo que a promessa não existisse!

Porque a morte, a Era, a época, as circunstâncias e tudo o mais (menos a fé que nada tem haver c/ isso) o impediu de alcançar! Loucura - poderia existir em todos os tempos e por toda a eternidade alguma promessa de Deus aos homens, que não fosse alcançada somente pela fé???  Isso nem parece promessa de Deus - pois a morte, a Era, a época, ou a mutilação os impediria de alcançá-la! (Selá) Parece até promessa de homem! Deus jamais prometeu isso a quem quer que seja na carne. Como dizem as santas e fiéis Escrituras:

"A carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herda a incorrupção." (I Cor. 15:50)

 

Assim sendo, a promessa de um "milênio" à descendência de Abraão na carne não é real nem pode ser cumprida, pois os judeus desde Abraão estão já mortos. E só os da fé (que são benditos c/ o crente Abraão – dos quais os que recebem Cristo se incluem) é que alcançam tanto a ressurreição quanto o Milênio, e assentar-se-ão à mesa c/ o Senhor no Seu reino.

Quanto aos outros, diz: "Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram." (Apc. 20:5a)

E ainda, quanto às promessas de Deus a Abraão; não as fez segundo a carne. Aliás, a promessa da terra de Canaã à descendência de Abraão já foi cumprida a muito. E o Senhor os levou a Canaã por Moisés.

Mas até a permanência dos judeus em Canaã esteve totalmente condicionada à obediência a lei. (Deut. 5:33 - Deut. 11:9)

Por causa disso os filhos de Israel várias vezes foram banidos de sua terra, devido à lei, a qual diz:

"Será, porém, que, se não deres ouvidos à voz do Senhor teu Deus, para não cuidares em cumprir todos os seus mandamentos e os seus estatutos, que hoje te ordeno, então virão sobre ti todas estas maldições, e te alcançarão:" (Deus. 28:15)

 

E também todas as maldições que haviam de alcançar os filhos de Israel (pela desobediência à lei) estão listadas na lei: Deuteronômio 28:16- 68. (Favor ler)

De tal sorte que a última das maldições da lei a alcançar os judeus que quebrantassem a aliança, é a de fazê-los voltar ao Egito (caminho pelo qual o Senhor lhes havia dito que jamais voltariam), e também seriam vendidos como escravos apesar de ninguém os querer comprar. (Deus. 28:68) E isso ainda diz a lei!  Não foi mudado!

E é dessa mesma lei (da qual só Cristo pode livrar o ser humano que crê - sendo judeu ou não) do que ele determina, isso porque o Senhor pagou por nós c/ sua vida e sua morte - mas os demais homens (que a Cristo não crêem), até que o céu e a terra passem nada do que a lei diz ( nem um j ou til ) se lhe omitirá - mas se cumprirá, amém!

Por isso o Senhor disse:

"Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido." (Mat. 5:18)

 

Isso significa que a promessa da lei aos judeus na carne não é o milênio, mas tudo o que a lei diz. Da qual lei, tudo o que nela há se consumará até que o céu e a terra passem. E não pode ser anulado! Inclusive a morte! Pois ela foi o primeiro decreto ao homem antes e depois do pecado! Pois só assim finda-se a lei! (Rom. 7:1)

Então para quem está em Cristo - a lei para eles findou, ou melhor, estão mortos p/ a lei. (Rom. 10:4 - Rom. 7:4)

Mas, para quem não está em Cristo, em alusão à arca de Noé, assim como não houve chance de escape no dilúvio (a quem fora da arca estava), assim NÃO HÁ CHANCE e ESCAPE para quem não está em Cristo; quem não está em Cristo jamais subsistirá!

 

Por isso diz o evangelho:

"Então diz aos servos: As bodas, na verdade, estão preparadas, mas os convidados não eram dignos." (Mat. 22:8 )

"Porque eu vos digo que nenhum daqueles homens que foram convidados provará a minha ceia". (Luc. 14:24)

"Mas eu vos digo que muitos virão do oriente e do ocidente, e assentar-se-ão à mesa com Abraão, e Isaque, e Jacó, no reino dos céus; e os filhos do reino serão lançados nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes." (Mat. 8:11-12)

Gálatas 4:30: "Mas que diz a Escritura? Lança fora a escrava e seu filho, porque de modo algum o filho da escrava herdará com o filho da livre".

 

Então, os filhos da livre (a Jerusalém Celestial) estarão no Milênio; mas os filhos da escrava (a Jerusalém terrena) não podem estar - pois não herdam conjuntamente; não há comunhão nem compatibilidade. Por isso mesmo o milênio pertence à primeira ressurreição. Acaso a promessa de algum milênio de paz (a judeus) pode se concretizar estando os judeus de todas as Eras, já mortos, estando a lei amaldiçoando-os, e ordenando sua destruição p/ depois ir juízo ??? (Selá)

O evangelho responde-nos:

"Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Eu retiro-me, e buscar-me-eis, e morrereis no vosso pecado. Para onde eu vou, não podeis vós vir." (Jo. 8:21)

 

 

 

Vem o fim de toda a carne !

Disse Jesus:

"E, como aconteceu nos dias de Noé, assim será também nos dias do Filho do homem. Comiam, bebiam, casavam, e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio, e os consumiu a todos." (Luc. 17:26-27)

"Mas no dia em que Ló saiu de Sodoma choveu do céu fogo e enxofre, e os consumiu a todos. Assim será no dia em que o Filho do homem se há de manifestar." (Luc. 17:29-30)

Então, Jesus disse que o fim há de consumir a todos! Acaso não acontecerá como o Senhor diz? Como no dilúvio e em Sodoma? Agora onde diz haver sobreviventes ao fim do mundo, se Jesus diz que há de ser igual ao dilúvio e Sodoma? E também no fim dos tempos a iniquidade se multiplicará sobremaneira em todos. E a própria Palavra de Deus que o ordena e determina, dizendo:

"O injusto faça injustiça ainda e o sujo suje-se ainda".  (Apc. 22:11)

Ou seja: Não há meio termo: a ordem da Palavra de Deus é: ou se é justo, justificando-se ainda; e santo, santificando-se mais;  ou se é sujo, sujando-se mais, e injusto, fazendo mais injustiça. (Apc. 22:11)

Porque vem o fim! (I Ped. 4:7)

Portando diz:

"Consumirei os homens e os animais, consumirei as aves do céu, e os peixes do mar, e os tropeços juntamente com os ímpios; e exterminarei os homens de sobre a terra, diz o Senhor." (Sof. 1:3)

"Nem a sua prata nem o seu ouro os poderá livrar no dia da indignação do SENHOR, mas pelo fogo do seu zelo toda esta terra será consumida, porque certamente fará de todos os moradores da terra uma destruição total e apressada." (Sof. 1:18)

 

"Eis que vem o dia do Senhor, horrendo, com furor e ira ardente, para pôr a terra em assolação, e dela destruir os pecadores." (Is. 13:9)

Jeremias 4:23-27:

"Observei a terra, e eis que era sem forma e vazia; também os céus, e não tinham a sua luz.
Observei os montes, e eis que estavam tremendo; e todos os outeiros estremeciam.
Observei, e eis que não havia homem algum; e todas as aves do céu tinham fugido.
Vi também que a terra fértil era um deserto; e todas as suas cidades estavam derrubadas diante do Senhor, diante do furor da sua ira.  Porque assim diz o SENHOR: Toda esta terra será assolada; de todo, porém, não a consumirei."

 

Então, não há esperança alguma para a carne e o sangue senão a morte! (Gen. 2:17 e 3:19b - Rom. 6:23 - Heb. 9:27) Isso porque a lei assim o diz; e para quem não acredita em Cristo, a morte não está revogada; pelo contrário toda a carne será por ela tragada; da Lei (disse Jesus) nem um j ou til se omitirá sem que seja cumprido, só existindo (da parte de Deus) um MEIO de vencer a morte (e o pecado) que prevalece sobre todos: Cristo, Àquele que (por todos morreu) para pagar o pecado; Ele é a Ressurreição e a Vida!

E foi por esse único MEIO que o Salvador nos salvou! Pela sua morte e por sua ressurreição! Não havendo, portanto na ESCRITURA outra forma, outra saída p/ o homem na carne de pecado!  Amém!

Aliás, no arrebatamento - a carne que já está morta será absorvida pela vida e o mortal e o corruptível revestido da imortalidade e incorruptibilidade - não existindo na Palavra de Deus nem na doutrina da fé outra perspectiva p/ a carne de pecado, senão, o salário que lhe cabe, a morte! Isso porque a lei que tem domínio sobre o homem durante todo o tempo em que ele vive - diz:

"Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás." (Gen. 2:17)

No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado; porquanto és pó e em pó te tornarás. (Gen. 2:19)

Ora, essa é sentença da lei, ao homem na carne, e ninguém, mas ninguém mesmo pode se livrar dela (nem o cristão) pois morrerá na carne; quanto mais o ímpio.

"Até que o céu e a terra passem nem um J ou um til se omitirá da lei sem que tudo seja cumprido." (Mat. 5:18)

A morte é o fim p/ toda a carne!

Tudo isso vem para que se cumpram as promessas apregoadas na profecia das 70 semanas, quando ao seu término se determina: a extinção da transgressão, o fim dos pecados, o expiar da iniquidade, a vinda da justiça eterna, o selo da visão e da profecia e a unção do Santo dos santos.

 

 

Um paraíso de Deus!

Agora vejamos quem tem direito a primeira ressurreição.

Diz: "Porque o fim da lei é Cristo para a justiça de todo aquele que crê." (Rom. 10:4)

Ora p/ os que estão em Cristo a lei findou-se!  E a terra que outrora fora amaldiçoada devido ao pecado e os pecadores (Gen. 3:17); há de ser transformada para os remidos, os que são de Cristo, e tornar-se-á novamente num Éden, até os animais - mas tudo isso é devido ao reino de Cristo.

Tudo será dado aos que creram e amaram o Senhor, e que (pela Sua cruz) venceram - para que vivam nesta mesma terra num reino divino cujo Deus e Senhor entre eles habitará e reinará. Amém!

Ora, isso também está na lei e terá cumprimento! Também está na oração do Pai Nosso: "Venha o teu Reino".

 

 Portanto diz:

"E a justiça será o cinto dos seus lombos, e a fidelidade o cinto dos seus rins. E morará o lobo com o cordeiro, e o leopardo com o cabrito se deitará, e o bezerro, e o filho de leão e o animal cevado andarão juntos, e um menino pequeno os guiará. A vaca e a ursa pastarão juntas, seus filhos se deitarão juntos, e o leão comerá palha como o boi. E brincará a criança de peito sobre a toca da áspide, e o desmamado colocará a sua mão na cova do basilisco. Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar." (Is. 11:5-9)

Tudo o que está escrito na lei, disse Jesus, terá o seu cumprimento antes que o céu e a terra passem; e assim será. A terra será um Éden e Cristo, seu Rei, portanto pecado nunca mais, pois foi por esse que o paraíso, no início, deixou de sê-lo.

"E dirão: Esta terra assolada ficou como jardim do Éden: e as cidades solitárias, e assoladas, e destruídas, estão fortalecidas e habitadas." (Ez. 36:35)

"Porque o Senhor consolará a Sião; consolará a todos os seus lugares assolados, e fará o seu deserto como o Éden, e a sua solidão como o jardim do Senhor; gozo e alegria se achará nela, ação de graças, e voz de melodia."  (Is. 51:3)

 

Mil anos de paz e harmonia; mil anos de gozo, santidade e pureza nessa terra, porque é nela (qual nunca pôde ser habitada em paz e santidade) que o Senhor, que é Deus, fará que assim seja. (Apc. 5:10 - Apc. 20:4)

Isso significa que se a carne e o sangue estivessem no milênio; se homens pecadores o herdassem levariam consigo, ao Reino de Cristo toda a maldição da lei - porquanto a lei tem domínio sobre o homem durante todo o tempo em que ele vive (Rom. 7:1) - e a maldição e sentença da lei à (carne de pecado) somente termina c/ a morte! (Rom. 6:23) 

Por isso se entende que sendo o milênio não é deste século, deste mundo. E somente terá parte nesse MARAVILHO PARAÍSO na terra - os que de Cristo são e estão -  o amam, e foram por Ele purificados, limpos, e para eles diz - as coisas velhas já passaram, eis que tudo se fez novo. (II Cor. 5:17) Para eles há e haverá paraíso. Amém!

 

 

As nações após o milênio

Bom, as nações as quais Satanás sai a enganar, sobre os quatros cantos da terra após o milênio; quem são? - São justamente os mortos que hão de ressuscitar após o milênio na segunda ressurreição.

Podemos ver, os dois eventos, segunda ressurreição e libertação de Satanás da prisão acontecem ao se completarem os mil anos.

 

 Ao término do Milênio, se cumpre a segunda ressurreição. (Apc. 20:5a)

E também a libertação de Satanás de sua prisão. (Apc. 20:7)

E todo o homem nascido nesse mundo (toda alma vivente) desde Adão revive (na ressurreição da carne) - semelhante a visão dos ossos secos de Ezequiel 37:7-10 - e está profetizada tanto em Apocalipse quanto em Isaías 26:19.

Voltar

Topo