as Nações de Canaã

 

By Estudos do Fim

Canaã e o castigo a seus povos!

Que seja p/ a Glória de Cristo Jesus, amém!

 

 

Irmãos,

Primeiro, gostaria de levar-nos à reflexão:

Deus criou o homem puro, feliz e à sua imagem e semelhança; e colocou-o num paraíso.

Deu-lhe livre arbítrio, mas também único mandamento sobre o que não fazer, e a conseqüência se o fizesse: a morte.

E tendo o homem pecado, desacreditando em Deus e o desobedecido, a morte entrara no mundo.

 

Apesar do homem se tornar mau, mortal e pecador; destituído da glória de Deus e dominado pelo diabo, contudo, o Senhor Deus sempre se interagiu c/ o homem.

 

E o Senhor Deus, que criara o homem à Sua imagem, amou tanto esse homem, se manifestando a ele, se envolvendo com ele e até lutando por ele.

Tudo que o Senhor Deus fez por Israel referente às lutas com as nações de Canaã tem a ver com os propósitos de Deus; primeiro que o Senhor Deus, como Deus que é, demonstrou Sua ira aos homens primeiramente no dilúvio (a terra estava demasiadamente corrompida perante a face do Senhor) e foi destruída toda a criatura na face da terra. (Gen. 6:11)

 

Depois, veio Sodoma e Gomorra que eram grandes pecadoras diante do Senhor. (Gen. 13:13)

E as nações que Israel desterrou, o Senhor, primeiro deixou que seus pecados chegassem à medida de serem repulsivos, então a terra os vomitaria, sobrevindo-lhes assim o juízo divino. (Gen. 15:16)

Lembrando que está dito na lei: quando os moradores de determinada terra pecarem sobremaneira, a ponto de se tornarem repulsivos, a terra vomitará de si seus moradores (Lev. 18:25 - Lev. 18:28) - lembrando que isso foi o que aconteceu no dilúvio e também em Sodoma.

 

Outra coisa que ninguém atenta:

Abraão e Isaque e Jacó que foram muito amados pelo Senhor, no entanto, Ele não os deu o espaço de um pé sequer da terra dos Amorreus; e o que foi feito da terra dos Amorreus dada aos filhos de Israel, isso só veio a ocorrer justamente quando os pecados destes terem chegado à medida de serem expulsos da terra.

"E não lhe deu nela herança, nem ainda o espaço de um pé; mas prometeu que lhe daria a posse dela, e depois dele, à sua descendência, não tendo ele ainda filho." (Atos 7:5)

 

E foi por isso mesmo que o Senhor levou os filhos de Israel ao Egito; e mesmo que fossem escravizados lá, o Senhor não tirou dos Amorreus a sua possessão, enquanto a medida de suas abominações não estava ainda completa, a ponto de serem expulsos e mortos. (Gen. 15:13-16)

Pecados esses, todos listados em Lev. 18:6-29.

 

O Senhor Deus sabe todas as coisas, e usou o próprio povo de Israel p/ destruí-los, lembrando que também era uma maneira de testar a obediência e a fé de Israel.

E depois de os filhos de Israel pecaram à medida dos antigos moradores de Canaã, o Senhor também lhes castigou duramente no desterro dos israelitas (reino de Israel) p/ nações estrangeiras, e depois na destruição de Jerusalém e a deportação p/ Babilônia, por Nabucodonosor.

 

O Senhor, o Deus de amor, Deus de infinita misericórdia e compaixão, mesmo tendo escolhido um povo, e principalmente lhe tendo ensinado para que tivesse temor, reverência e respeito p/ com as Escrituras Sagradas e para com o Senhor seu Deus, o fez para que elas, as Sagradas Escrituras nos chegassem a nós, hoje, em sua completa exatidão, devido ao zelo que o Senhor requeria quanto à Sua palavra.

 

E p/ mostrar que o Senhor Deus é Deus que sabe todas as coisas, não somente a Israel o Senhor atentava e atendia na época da lei:

Por exemplo: Acaso Jesus não disse: "Em verdade vos digo que muitas viúvas existiam em Israel nos dias de Elias, quando o céu se cerrou por três anos e seis meses, de sorte que em toda a terra houve grande fome; E a nenhuma delas foi enviado Elias, senão a Sarepta de Sidom, a uma mulher viúva. E muitos leprosos havia em Israel no tempo do profeta Eliseu, e nenhum deles foi purificado, senão Naamã, o sírio." (Luc. 4:25-27)

 

Outra coisa muito séria, primordial, sincera e verdadeira é que, o Senhor Deus, para demonstrar ao ser humano, que com Deus não se brinca e não se burla, não se escarnece e não se tem como um qualquer, e deve ser temido; por isso, no Velho Testamento, Deus se mostra ao homem como realmente deva ser considerado; ou seja, devemos temê-Lo, devemos crê-Lo, devemos reverenciá-Lo, porque já demonstrou de várias formas e maneiras (no Velho Testamento) que todos os que não creram ao que o Senhor lhes dizia, foram mortos ou castigados ao pé da letra; sofreram cabalmente o que a cada um lhe foi dito (exemplo: o sacerdote que foi morto diante do Senhor quando Davi levava a arca do Senhor p/ Jerusalém e sendo dito que nunca ninguém na arca tocasse, este, quando esta estava pendendo, ele a tocou e imediatamente foi morto), - lição para nós do Novo Testamento - não pensemos nós que o que está dito pela palavra do Senhor quanto a tudo e principalmente sobre a eternidade, o Senhor que não mente, não brinca e não burla, vai cumprir tudo o que anunciou - e bendito o homem, ou melhor bendito o que, de criatura passou a ser filho de Deus pela fé em Jesus, crê e teme, treme, e estremece diante desse Deus, de Sua palavra.

 

Em outras palavras, sabe tudo o que foi dito por Deus no Antigo Testamento através das Escrituras? Cumpriu-se precisamente nas mais diversas formas e maneiras, e todos receberam a devida punição imposta na Lei, conforme lhes fora advertido!

Então saibamos que de Deus não se escarnece, não se burla; não se tem por mentiroso e não se mofa (exemplo: os dois genros de Ló na saída de Sodoma, e a mulher de Ló).

Então nós hoje, que conhecemos o amor desse Deus, o grande e eterno amor desse Deus, pela morte de seu Filho Unigênito por nossos pecados, também cumprirá tudo o que está anunciado e estabelecido, seja no Velho ou no Novo Testamento. Aleluia!

 

E qualquer que negligenciar isto (seja por qual motivo for) pode ser apartado do Senhor para sempre e eternamente. E não é do desejo do Senhor que deu Sua vida pela minha, pela nossa, que isso se suceda, amém!

Portanto, convém-nos atentar com mais diligência às coisas que já temos ouvido, para que em tempo algum nos desviemos delas. (Heb. 2:1) Temamos, pois, que, porventura, deixada a promessa de entrar no seu repouso, pareça que algum de vós fica para trás. (Heb. 4:1)

 

Creio, irmãos, que desde o princípio o homem duvidando da palavra de Deus, tendo caído, não havia outra maneira de o Senhor Deus mostrar ao ser humano que a Deus pertence o temor, a reverência, o respeito, a fé viva, o amor, a vida, a alma, o louvor e a glória para sempre.

E o Velho Testamento cumpre toda essa missão, além de, é claro, anunciar também a grande promessa do Messias, para nossa salvação e redenção eterna.

Em nome de Jesus! Amém!

 

 

 

Voltar

Topo